O Menino e Seu Brinquedo

Monday, January 09, 2006

O Meu É Sem Paixão, Por Favor

Depois do Odisseu, de toda aquela dor e decepção, decidi que não podia mais.
Não queria mais me apaixonar e só vivia para a melhor parte.
Uma verdadeira Party Girl. Sabe como?
Sexo e rock n' roll, sem envolvimento. Carinho, até pode ser, mas paixão, aquele enlevo, borboletas no estômago, corações voando em volta de mim?
Ah, isso não!
Só que "a gente nunca sabe de quem vai gostar", sabe menos ainda quando vai gostar de alguém.
E a Party Girl continuou se jogando.
E nessa vida sem paixão, percebi que andava tudo muito chato. Muito de papelão e tinta, nada era de verdade.
Era tudo um emaranhado de rostos e corpos, e na maior parte das vezes, eu estava bem perto de "não estar lá".
É um saco isso!
Eu quero estar lá! Eu quero paixão, peixes voadores, borboletas enlouquecidas, mariposas tecnicolor, corações e estrelinhas!
Um pouco de romance não me fará mal. Foi nisso que eu andei pensando.
Tá certo que eu demoro um pouco pra acreditar nos outros e meu forte não é correr riscos.
Mas... não seria bom mudar?


E por falar em mudanças

Hoje retornarei ao estado moreno de ser eu mesma.

No CD Player

Duke Ellington - Just Squeeze Me But Please Don't Tease Me

Namaste umetuká

2 Comments:

  • At Tuesday, January 17, 2006, Blogger OVelhoHomem said…

    Só nao confunda Babaquice com amor ou paixao!
    A paixao é a ilusao de que se pode ser feliz!
    O amor é a felicidade de estar iludido!
    O amor é proprio e quando transborda busca outra pessoa para nao se disperdiçar.Entao só quem se ama é capaz de amar.
    E quando uma delas nao se ama vem aquele amor babaca cheio de ciume e felicidade instatanea, e aquela pessoa busca tirar de vc o resto do seu amor proprio pra suprir a necessidade dela de amor.
    A pergunta que nao deve ser respondida aos demais e sim pra vc mesma é:
    VC SE AMA ? QUANTO?

     
  • At Wednesday, January 18, 2006, Blogger Regina said…

    Ah se eu não soubesse quem é...
    E aí, querido?
    Frases feitas: "O amor é uma droga e nem dá barato".
    Acontece que é preciso um pouco de fogo pra coisa não ser fraterna demais. Concorda?
    Quanto a amar-me ou amar a si mesmo... Me amar, amo muito, mas cansei dessa "punheta"... ;-)
    Beijo, velho homem!

     

Post a Comment

<< Home