O Menino e Seu Brinquedo

Monday, April 16, 2007

Elegância

Tá bom que não tem relevância nenhuma e que o mundo é assim, um lugar lotado de gente que acha bonito ser desagradável, grosseira e mal educada.
Mas eu ainda gosto mais de gente elegante.
Sabe como?
Gente que sabe que realmente pode falar qualquer coisa, desde que precedida de "por favor" e finalizada com um "obrigada".
Gente que se importa. Que se interessa.
Gente capaz de respeitar as diferenças, de fazer críticas construtivas, de ser carinhosa. E se não for possível ser carinhosa, ser minimamente gentil.
Não é uma questão de valores de outros tempos ou de execrar a informalidade. Faço questão de reconhecer isso e mais, que essa elegância desaparece com o crescimento da intimidade.
Imagine! Pois não são as pessoas mais próximas aquelas que merecem de você o melhor? Seu melhor tom de voz, seus melhores toques (no sentido tátil), seus sorrisos mais sinceros?
Daí vem aquela outra coisa.
Se você já não trata quem é íntimo e te ama como merece, de que forma irá se relacionar com aquela pessoa cujo carro morre na sua frente? Ou a outra que esbarra em você sem querer?
Não se pratica o ato elegante.
Viramos gorilas.
Hohoho.

5 Comments:

  • At Tuesday, April 17, 2007, Anonymous Anonymous said…

    ler comentários com os quais não concorda é o preço por escrever o que se quer sobre quem se quer em local público.

    não gosta? compre um livrinho e escreva nele.

    hohoho.

     
  • At Tuesday, April 17, 2007, Anonymous cris shooshoo said…

    Que pessoa desagradável, não?

    Re, adorei seu post, querida!

    E fala pra esta pessoa ir tirar a unha vermelha horrivel que está usando, pois o vermelho, não combina com o seu tom de pele...

    e você, Re, é chiquérrima!

     
  • At Tuesday, April 17, 2007, Blogger Regina said…

    This comment has been removed by the author.

     
  • At Tuesday, April 17, 2007, Blogger Regina said…

    Oi Cris... Tempos, hein?

    Uó, dahling...
    Foi apenas uma apropriação em tom jocoso do seu hábito de desancar sanz ellegance alguns dos textos. Anyway, se você se ofende, talvez ainda exista em você aquela centelha de humanidade passível de se desprender dessa natureza sarcástica e deselegante.
    Quem sabe?
    E, claro, não foi dirigido só a você, criatura umbigocêntrica! Tem gente muito mais deselegante que o dahling!

     
  • At Friday, April 20, 2007, Anonymous Anonymous said…

    http://www.flickr.com/photos/tonydemarco/sets/72157600075508212/

    sobre são paulo sem os outdoors, while listening to the cramps.

     

Post a Comment

<< Home